Qual o melhor tipo de investimento para iniciantes?

Para uma pessoa ter um bom futuro, é importante que ela saiba investir o seu dinheiro no presente.

Planejamento financeiro

Os investimentos são a melhor forma de cuidar e proteger a sua saúde financeira. E, para começar, é importante fazer um planejamento financeiro para definir o dinheiro que entra e o que sai da conta mensalmente. Dessa forma, é possível determinar quais gastos são desnecessários e o quanto é possível investir.

Depois disso, é necessário estabelecer um valor fixo e uma frequência para as aplicações. As dívidas devem ser eliminadas antes de começar e os investimentos devem manter uma constância.

Perfil investidor

Depois de terminar com o planejamento, é a hora de determinar qual o seu perfil como investidor. Um investidor precisa estabelecer os objetivos que deseja alcançar e saber quais riscos deseja correr.

Existem 3 tipos de perfil investidor:

Investidores conservadores

Um investidor conservador é aquele que não quer correr muitos riscos e dão preferência aos investimentos com liquidez.

Investidores moderados

Um investidor moderado é aquele que prefere cuidar de seu dinheiro a longo prazo e gostam de manter uma carteira mais diversificada para conseguir maior rentabilidade.

Investidores agressivos

Um investidor agressivo é aquele que está disposto a correr riscos e procuram por investimentos mais oscilantes para obter maior rentabilidade.

Melhores investimentos para iniciantes

Para quem está começando no mercado financeiro, os melhores investimentos são:

Investimento no Tesouro Direto

O Tesouro Direto é investimento de título público onde uma pessoa empresta um determinado valor ao governo para financiar os serviços públicos. Em troca, o investidor recebe um determinado valor de rentabilidade sobre o dinheiro investido. Mas, para receber o retorno, o investidor deve respeitar o prazo pré-determinado durante a aplicação.

Esse é um dos investimentos mais seguros para se investir o dinheiro, devido a sua previsibilidade e garantia. Existem 3 tipos de títulos para investir no Tesouro Direto: o Tesouro IPCA+, o Tesouro prefixado e o Tesouro Selic.

Investimento LCI

LCI é a sigla de Letra de Crédito Imobiliário, que é um dos investimentos mais comuns. Assim como o Tesouro Direto, esse é um investimento de renda fixa, só que ligada ao mercado imobiliário. Ela é composta por títulos de crédito e funciona como um empréstimo para uma instituição financeira.

No investimento LCI, o investidor fecha um contrato com a instituição financeira para receber os juros sobre o valor aplicado por determinado período. Ele apresenta um risco baixo, mas proporciona uma boa rentabilidade

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são como uma espécie de condomínios financeiros, onde cada investidor recebe a sua cota de participação nos resultados. Porém, para movimentar os investimentos, é necessário um gestor profissional para tomar as decisões de alocação.

Esse tipo de investimento pode ser feito tanto para renda fixa quanto variável. Os referenciados DI são fundos de investimentos em título públicos que proporcionam renda fixa. Já o fundo de ações e fundos de índice (ETFs) proporcionam uma renda variável a seus investidores.

CDB

CDB é a sigla de Certificados de Depósito Bancário, um investimento sobre a base de títulos emitidos pelos bancos. Através dele, uma instituição pode conseguir o capital necessário para o financiamento das atividades de crédito.

O investidor do CDB recebe os juros como rentabilidade e pode escolher entre 3 tipos: prefixado, pós-fixado e mistos.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é um investimento bem interessante para quem deseja uma rentabilidade híbrida. A sua rentabilidade vai de acordo com uma taxa fixa e o desempenho do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Com o IPCA, é possível ter um rendimento acima da inflação quando aplicado até a data de vencimento.

Visitas:1200

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.