O que você deve saber sobre crowdfunding!

O crowdfunding vem viabilizando o sonho de muitas pessoas em ver o seu projeto se tornando realidade.

Como o crowdfunding funciona?

O crowdfunding é uma alternativa cada vez mais procurada por pessoas que precisam de um investimento. Com ele, pessoas e empresas podem obter o financiamento que precisa para colocar seu projeto em ação.

O significado para a palavra crowdfunding é financiamento coletivo. Ou seja, é uma espécie de “vaquinha” que permite contribuir com uma ideia e incentivar a participação de pessoas engajadas. Mas, para conseguir colaboradores, é preciso montar uma estratégia que possam convencê-las. É comum que o criador do projeto ofereça incentivos e vantagens para quem ajuda no financiamento.

O crowdfunding funciona em plataformas online que dão aos colaboradores informações sobre o projeto e a prestação de contas. As informações podem ser passadas através de vídeos explicativos para facilitar o entendimento das pessoas e garantir que o projeto é sério.

O valor de cada contribuição fica retido na plataforma e só é enviado para o desenvolvedor do projeto quando todo o dinheiro do projeto for arrecadado. Se o valor total do projeto não é alcançado dentro da data limite, ele é devolvido aos colaboradores do projeto.

Crowdfunding no Brasil

Ao contrário de outros países, as plataformas crowdfunding no Brasil permitem pagar pelas doações com o boleto bancário e podem até parcelar o valor. Isso consegue facilitar bastante as contribuições.

Há sites que permitem lançar o projeto na hora e outros que realizam uma espécie de avaliação antes de aceitá-lo. Mas, todos cobram uma taxa administrativa que pode variar bastante de um para outro. No caso de doações em outra moeda, os encargos são cobrados com alguma taxa extra.

Os contribuintes devem pedir uma nota fiscal aos criadores, e os criadores devem pedir por uma nota de serviço da plataforma no fim da campanha. Se o valor da nota for alto, o imposto precisa ser retido diretamente da fonte, seja pessoa física ou pessoa jurídica.

Principais tipos de crowdfunding

Há diferentes tipos de crowdfunding, sendo que os principais são:

Crowdfunding de Doação

O crowdfunding de doação é o tipo usado pelas ONGs e instituições sem fins lucrativos que precisam de doações para se manter. Por estar ligado à caridade, muitas vezes ele não oferece recompensas.

Crowdfunding de Recompensa

O crowdfunding de recompensa é o mais comum e, normalmente, oferecem recompensas, como produtos, músicas ou capítulo de livros. As campanhas podem ser feitas nas redes sociais ou em uma plataforma de crowdfunding

Equity Crowdfunding

O equity crowdfunding é o modelo usado pelas empresas e acontece em plataformas criadas especificamente para isso. Ele atrai pessoas que desejam fazer investimentos em projetos empreendedores. Assim, se o projeto dá certo e consegue ter lucro, os colaboradores do projeto podem resgatar um valor maior do que foi investido.

Debt Crowdfunding

O debt crowdfunding é voltado para empresas e acontece em plataforma específicas, mas é uma espécie de empréstimo. O valor a ser resgatado não depende do desempenho do negócio e tudo é devolvido com juros.

Plataformas de crowdfunding mais populares

Normalmente, cada plataforma crowdfunding é especializada em uma modalidade de captação específica. Entre as plataformas mais populares, estão: Glebba, Kria, SMU, Hurst, Urbe, CapTable, EqSeed, Bloxs e em breve a nossa plataforma a CASHCAP!

Como escolher a melhor plataforma de crowdfunding?

Na hora de escolher uma plataforma crowdfunding para lançar o projeto, é preciso avaliar qual está mais de acordo o seu perfil investidor. Cada uma tem as suas regras e características próprias. Por isso, é importante pesquisar bem para encontrar a mais adequada com o projeto e o tipo de investidor que procura.

Visitas:794

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.